5 coisas que aumentam o desempenho dos alunos

Garantir o aprendizado dos alunos é a resposta para um futuro de grande sucesso – escolar e pessoal.

Por isso, é importante buscar alternativas que explorem ao máximo seu desempenho, resultando em crescimentos positivos, não só em notas, mas em conhecimento.

Quer conhecer algumas alternativas para aplicar na sua escola e aumentar o desempenho dos seus alunos? Continue com a gente!

1º Aproveite a tecnologia

A tecnologia é um mecanismo que se faz cada vez mais presente na vida dos discentes, que sempre estão em busca de algo novo. E nada melhor que uma ferramenta que reúne todas as informações em um ambiente só para ajudá-los, certo?

Por isso, é importante interpretar a tecnologia exatamente assim: um instrumento de apoio e pesquisa que pode ajudar a melhorar a vida acadêmica dos alunos.

Ao invés competir com as inovações, os professores devem usá-las ao seu favor, transformando aquilo que poderia ser negativo em uma nova possibilidade didática – clique aqui para saber mais sobre o ensino híbrido!

2º Aplicação Prática

Tornar situações teóricas em atividades práticas, estimula e torna ainda mais frequente a participação dos estudantes nas aulas.

Isso porque, quando se mostra que aquele conteúdo ministrado em sala vai de fato ser muito útil para as diversas áreas da sua vida, ou quando a teoria é aplicada com exemplos reais do cotidianos dos alunos, é despertado o interesse de entender e aprender mais, tornando ainda mais fácil o entendimento da disciplina.

Por isso, é importante promover dinâmicas que explorem o lado curioso dos discentes gerando maior conexão entre ele e matéria explicada.

3º Aulas Dinâmicas e Divertidas

Prender a atenção dos alunos pode ser uma tarefa complicada, por isso, fugir da rotina pode ajudar!

Tornar as aulas teóricas em experiências dinâmicas e mais divertidas, ajuda a manter o interesse e a participação frequente dos estudantes.

E para isso, não é preciso nada muito extravagante. O foco é alterar a forma como as disciplinas são ministradas, e isso pode ser feito com pequenos gestos, como:

  • Jogos entre colegas;
  • Gincanas entre turmas;
  • Aulas em laboratórios;
  • Passeios de exploração na escola;
  • Aulas práticas com elementos reais.

Adaptando essas atividades ao estilo e idade da turma, a rotina se tornará mais leve e mais produtiva!

4º Dê Feedbacks

Reconhecer as melhoras de seus alunos é muito importante para o seu desenvolvimento pessoal.

Ao receber feedbacks positivos sobre o seu desempenho, isso os motiva e os encoraja a se dedicarem cada vez para dar o seu melhor.

Mas é claro, se for necessário dar um feedback negativo, não deixe de falar. Seja claro e empático, mostre o que há de errado e o ajude a notar o que pode fazer para melhorar!

5º Acompanhe o desenvolvimento individual

Nem todos os estudantes seguem o mesmo ritmo, por isso, é necessário reservar um tempo para acompanhar individualmente cada um de perto!

Em sala de aula, nem sempre será possível adotar medidas especificas para cada aluno, mas pode-se buscar na turma os pontos de maior dificuldade e adotar estratégias que englobem o maior número de discentes.

Já individualmente, pode-se recomendar aulas de reforço e destinar horários de atendimento para que cada dificuldade seja tratada com única e receba a atenção necessária.

Gostou das dicas? Continue acompanhando nosso site e conheça as melhores alternativas de gestão escolar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conversar agora
1
Falar com um consultor?
Quer falar com um consultor?