5 dicas para organização do acervo literário de sua biblioteca

Embora os livros digitais venham sendo cada vez mais utilizados, inclusive em instituições de ensino, os livros físicos ainda são muito usados e necessários em escolas e faculdades, tanto pelos alunos quanto pelos próprios docentes.

Se a sua instituição tem uma biblioteca, mesmo que enxuta, um dos desafios provavelmente é manter o acervo organizado para uso de todos.

Pensando nisso, vamos te ajudar em como organizar seu acervo de livros. Confira!

Processos de catalogação

Existem diferentes formas de catalogação de livros. A mais comum e também a mais utilizada em escolas e universidades de vários países denomina-se Classificação Decimal de Dewey (CDD), que é um tipo de classificação bastante técnica.

 Para efetuar a separação, análise e registro de obras dentro desse padrão é recomendável a contratação de um bibliotecário.

Porém, também é possível usar outros processos mais simples e genéricos, para acervos menores.

No caso das bibliotecas escolares, principalmente as das escolas de nível básico e cursos diversos, a própria instituição pode definir suas regras, desde que esse método seja explicado aos usuários.

Tudo vai depender da proposta da instituição!

Definindo critérios de organização

Partindo de uma ordenação personalizada para a sua biblioteca, você pode se basear na própria composição do seu acervo para estabelecer os critérios de classificação.

Afinal, de nada adiante usar o método CDD se quase todas as suas obras se encaixam na mesma classificação decimal.

Se você tem uma escola de francês, por exemplo, pode separar os livros em categorias como literatura, gramática, exercícios e dicionários.

Se tem um cursinho preparatório, o ideal pode ser a classificação por disciplina. Se a escola é voltada para o ensino infantil, pode ser mais interessante separar os livros por idade.

Aprenda a ordenar os livros

Definidos os critérios de categorização das obras, o passo seguinte deve ser organizá-las no espaço da biblioteca para facilitar o acesso pode alunos e colaboradores.

Para isso, siga os passos a seguir:

  • Em primeiro lugar, crie etiquetas com uma cor, sinal ou número para cada categoria: por exemplo, os livros didáticos podem ter a cor verde, e os de contos amarelo.
  • Depois, reserve prateleiras para cada segmento e dívida os espaços para cada subtema, como: didáticos (matemática, português), contos (suspense, policial, etc.).
  • Em seguida, cole as etiquetas na parte inferior da lombada dos exemplares e crie espaços nomeados nas prateleiras para cada subtema.
  • Por fim, posicione os exemplares nas prateleiras segundo categoria e subcategoria, de preferência em ordem alfabética segundo o nome do autor e ano de publicação.

Crie uma política de empréstimos

Com a biblioteca organizada, é hora de decidir como ela irá funcionar. Para isso, defina regras claras cobrindo pontos como:

  • O limite de exemplares emprestados por vez;
  • o tempo máximo de empréstimo e número máximo de renovações permitidas;
  • um sistema e critérios para reserva de exemplares;
  • e as penalidades para o descumprimento de cada regra.

É importante que todos conheçam as regras antes de se registrar na biblioteca. Para isso, pode ser interessante posicionar cartazes em locais estratégicos.

Além disso, vale pensar se as regras para empréstimo para professores serão as mesmas que para os estudantes.

Mantenha as prateleiras sempre arrumadas

Por fim, para que a organização do acervo realmente funcione, o colaborador responsável pela biblioteca deve, ao final de cada dia ou duas vezes ao dia, percorrer os corredores e prateleiras e recolher exemplares fora do lugar, reposicionando-os em suas prateleiras respectivas.

Os livros devolvidos também devem ser recolocados nas estantes pelo funcionário.

Tem problemas para organizar seu acervo de livros? Fale com o nosso consultor clicando aqui, conheça o CBK e vamos te ajudar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conversar agora
1
Falar com um consultor?
Quer falar com um consultor?